Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/5593
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorReis, Tânia-
dc.contributor.authorMartins, Susana-
dc.contributor.authorFerreira, Idalina-
dc.contributor.authorVilares, Anabela-
dc.contributor.authorGargate, Maria João-
dc.date.accessioned2018-07-26T19:04:38Z-
dc.date.available2018-07-26T19:04:38Z-
dc.date.issued2018-07-26-
dc.identifier.citationBoletim Epidemiológico Observações. 2018 maio-agosto;7(22):52-57pt_PT
dc.identifier.issn0874-2928-
dc.identifier.issn2182-8873 (em linha)-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.18/5593-
dc.description.abstractA malária é uma infeção parasitária causada por um protozoário intracelular obrigatório (género Plasmodium), cuja transmissão é assegurada quando uma fémea de mosquito género Anopheles infetada efetua a sua refeição de sangue num indivíduo. Estão descritas mais de 150 espécies mas apenas 5 infetam o Homem: P. falciparum, P. vivax, P. malariae, P. ovale e mais recentemente, P. knowlesi, uma espécie que causa malária em macacos no sudeste asiático. É a doença parasitária mais frequente para o Homem, encontrando-se infetada cerca de 5% da população mundial, sendo o P. falciparum o agente mais disseminado, responsável por mais de 80% dos casos mundiais e o que apresenta uma patogenia mais agressiva. O objetivo deste estudo foi descrever as características demográficas dos casos de malária, em doentes com quadro clinico compatível e cujo diagnóstico laboratorial foi confirmado. As metodologias de diagnóstico utilizadas foram, serológicas (IFI), moleculares (PCR em tempo real, adaptada de Swan et al.) e a pesquisa direta em gota espessa e esfregaço. Foram analisadas 700 amostras, 15 das quais provenientes do sur to de ébola (África Ocidental, 2014/2015). Detetaram-se 103 (14,7%) casos positivos. Todos os casos positivos de malária são impor tados. A maioria dos casos ocorreu em viajantes, indivíduos adultos. Pelo facto da transmissão local continuar a ser possível na Europa e pela quantidade de viagens efetuadas entre a Europa e os países endémicos, salienta-se a necessidade de vigilância e prevenção desta parasitose.pt_PT
dc.description.abstractMalaria is a human disease caused by a protozoan infection of red blood cells transmitted by the bite of a female anopheline mosquito. There are described more than 150 species of Plasmodium but only five infected humans, P. falciparum, P. vivax, P. malariae, P. ovale and more recently P. knowlesi, a specie that causes malaria in monkeys in Southeast Asia. Malaria is the most impor tant parasitic disease of man; approximately 5% of the world’s population is infected. P. falciparum is the most widespread specie responsible for over 80% of cases worldwide and which has a more aggressive pathogenesis. The aim of the study was to describe the demographic characteristics of malaria cases, in patients with clinical symptoms compatible with malaria and whose laboratory diagnosis was confirmed. The methods of diagnosis used were: serological (IIF), molecular (real-time PCR, adapted Swan et al.) and direct visualization of thick and thin blood smears. We analyzed 700 specimens, 15 of which belonging to Ebola outbreak (West Africa, 2014/2015). One hundred and three (14.7%) were positive cases. All positive cases of malaria are impor ted. Most cases occurred in adults travellers. Since local transmission continues to be possible in Europe and the big number of trips between Europe and endemic countries are a reality underlines the need of sur veillance and prevention of this disease.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherInstituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IPpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/pt_PT
dc.subjectMaláriapt_PT
dc.subjectConfirmação Laboratorialpt_PT
dc.subjectInfeção por Plasmodium sp.pt_PT
dc.subjectInfecções Sistémicas e Zoonosespt_PT
dc.subjectSaúde Públicapt_PT
dc.subjectPortugalpt_PT
dc.titleMalária: confirmação laboratorial de casos clínicos suspeitos de infeção por Plasmodium sp entre 2010-2017pt_PT
dc.title.alternativeMalaria: laboratory confirmation of clinical suspected cases of Plasmodium sp. between 2010-2017pt_PT
dc.typearticlept_PT
dc.description.versioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpt_PT
degois.publication.firstPage52pt_PT
degois.publication.lastPage57pt_PT
degois.publication.issue22pt_PT
degois.publication.locationLisboa, Portugalpt_PT
degois.publication.titleBoletim Epidemiológico Observaçõespt_PT
degois.publication.volume7pt_PT
Aparece nas colecções:DDI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N22_2018_artigo12.pdf758,62 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.