Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/5592
Título: Caracterização fenotípica de isolados de Salmonella enterica recebidos no INSA entre 2014 e 2017
Outros títulos: Phenotypic characterization of Salmonella enterica isolates received in INSA between 2014 and 2017
Autor: Leonor, Silveira
Pista, Ângela
Machado, Jorge
Palavras-chave: Salmonella enterica
Infeções por Salmonella enterica
Doenças Infeciosas
Infecções Gastrointestinais
Saúde Pública
Portugal
Data: 26-Jul-2018
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citação: Boletim Epidemiológico Observações. 2018 maio-agosto;7(22):49-51
Resumo: As infeções por Salmonella enterica são uma das causas mais frequentes de gastroenterite aguda em todo o mundo. Entre 2014 e 2017 foram recebidas no Laboratório Nacional de Referência de Infeções Gastrintestinais do Departamento de Doenças Infeciosas do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) 1124 estirpes de Salmonella isoladas de doentes portugueses provenientes de várias zonas do país. Foram identificados 68 serotipos diferentes, sendo os mais frequentes S. 4,5:i:- (n=372; 33,1%), S. Enteritidis (n=335; 29,8%), S. Typhimurium (n=208; 18,5%), S. Rissen (n=28; 2,5%), S. Typhi (n=25; 2,2%) e S. Stanley (n=12; 1,1%). Os serotipos de Salmonella identificados no período entre 2014 e 2017 acompanham a tendência europeia, nomeadamente no que se refere à diminuição de S. 4,5:i:- e aumento de S. Enteritidis. A serotipagem e a utilização de metodologias moleculares são fundamentais para a monitorização das salmoneloses humanas, particularmente na deteção de surtos e identificação de estirpes resistentes. Neste contexto, é fundamental manter e promover a colaboração entre os diversos serviços de saúde nacionais e internacionais, de forma a garantir a vigilância e controlo das infeções gastrintestinais em geral e por Salmonella spp em particular.
Salmonella enterica infections are one of the most frequent causes of gastrointestinal disease around the world. Between 2014 and 2017, 1124 Salmonella strains isolated from Por tuguese patients, from several areas of the countr y, were sent to the National Reference Laborator y for Gastrointestinal Infections of the Institute of Health Dr Ricardo Jorge of Por tugal for serot yping. Six t y eight dif ferent serot ypes were identif ied, and S. 4,5:i:- (n=372; 33,1%), S. Enteritidis (n=335; 29,8%), S. Typhimurium (n=208; 18,5%), S. Rissen (n=28; 2,5%), S. Typhi (n=25; 2,2%) and S. Stanley (n=12; 1,1%) were the most frequently detected. Salmonella serot ypes identif ied in Por tugal between 2014 and 2017 are in line with the European trend, namely with regard to the decrease of S. 4,5: i: - and increase of S. Enteritidis. Serot yping and molecular t yping are fundamental for salmonellosis monitoring, par ticularly outbreak and resistance detection. In this contex t, it is ex tremely impor tant to maintain and promote the collaboration of several national and international health ser vices, in order to ensure gastrointestinal infections control and vigilance, par ticularly Salmonella spp. infections.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/5592
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Aparece nas colecções:DDI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N22_2018_artigo11.pdf659,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.