Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/4870
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorVentura, Célia-
dc.date.accessioned2018-01-09T16:20:55Z-
dc.date.available2018-01-09T16:20:55Z-
dc.date.issued2017-10-
dc.identifier.citationBoletim Epidemiológico Observações. 2017 maio-agosto;6(19):44-47pt_PT
dc.identifier.issn0874-2928-
dc.identifier.issn2182-8873 (em linha)-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.18/4870-
dc.description.abstractA medicina personalizada tem como objetivo integrar a informação genética do indivíduo, os fatores ambientais a que este está exposto e o seu estilo de vida para identificar a sua predisposição à doença e as medidas preventivas, de promoção da saúde e terapêuticas que lhe serão mais eficazes ou que evitem reações adversas. As doenças raras, a oncologia e a farmacogenómica são áreas onde se tem assistido a avanços da medicina personalizada. Embora, na sua conceção, este modelo de medicina cumpra os princípios éticos da beneficência e da não-maleficência, cria alguns desafios éticos e sociais. Serão abordadas algumas questões relativas à privacidade e confidencialidade dos dados pessoais, ao seu potencial para a discriminação e estigmatização, ao consentimento informado para investigação e diagnóstico genético, à maior necessidade de literacia em saúde, à mudança na relação médico-doente e, principalmente, questões de justiça distributiva e equidade em saúde.pt_PT
dc.description.abstractPersonalized medicine aims to integrate the genetic variabilit y of each person with environmental and lifest yle factors to bet ter identif y individual predisposition to disease and the most ef fective preventive, health promotion and therapeutic measures for that individual. Rare diseases, oncology and pharmacogenomics have witnessed the greatest advances in personalized medicine. Although this model of medicine, in its concept, complies with the ethical principles of beneficence and nonmaleficence, it also creates ethical and social challenges. Herein, it will be discussed questions related to the personal data confidentialit y and privacy, its potential for discrimination and stigmatization, the informed consent for genetic research and genomic medicine, the need for health literacy, the change in physician-patient relationship, and the challenges regarding distributive justice and health equit y.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherInstituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IPpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/pt_PT
dc.subjectMedicina Personalizadapt_PT
dc.subjectÉtica na Saúdept_PT
dc.subjectDesafios Éticos e Sociaispt_PT
dc.subjectDoenças Genéticaspt_PT
dc.titleQuestões éticas e sociais da medicina personalizadapt_PT
dc.title.alternativeEthical and social issues of personalized medicinept_PT
dc.typearticlept_PT
dc.description.versioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpt_PT
degois.publication.firstPage44pt_PT
degois.publication.lastPage47pt_PT
degois.publication.issue19pt_PT
degois.publication.locationLisboa, Portugalpt_PT
degois.publication.titleBoletim Epidemiológico Observaçõespt_PT
degois.publication.volume6pt_PT
Aparece nas colecções:DGH - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N19_2017_artigo9.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.