Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.18/4867
Title: Importância da avaliação do teor de vitamina C em fórmulas para lactentes e de transição
Other Titles: Importance of vitamin C evaluation in infant and follow-on formulas
Author: Silva, Mafalda Alexandra
Albuquerque, Tânia Gonçalves
Oliveira, M. Beatriz P.P.
Costa, Helena S.
Keywords: Vitamina C
Fórmulas para Lactentes
Fórmulas de transição
Composição dos Alimentos
Issue Date: Oct-2017
Publisher: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citation: Boletim Epidemiológico Observações. 2017 maio-agosto;6(19):30-33
Abstract: A vitamina C tem um papel crucial no crescimento e desenvolvimento saudáveis de bebés. As fórmulas infantis são muito consumidas por esta faixa etária e como tal, é de extrema importância garantir que esta vitamina esteja presente em concentrações adequadas. No presente trabalho de investigação, determinou-se o teor de vitamina C total, ácido L-ascórbico e ácido desidroascórbico em fórmulas infantis e compararam-se os resultados obtidos com os limites estabelecidos no Regulamento Delegado (UE) 2016/127. Em 2016, foram adquiridas 7 fórmulas infantis, 4 fórmulas para lactentes e 3 fórmulas de transição. Os teores totais de vitamina C determinados variaram entre 65,4 ± 0,28 e 134 ± 1,27 mg/100 g de amostra, encontrando-se dentro dos limites estabelecidos pela legislação em vigor. Uma vez que este tipo de produtos alimentares é muito importante na alimentação de consumidores de uma faixa etária tão jovem e tão vulnerável como são os lactentes, impõe-se a sua regulamentação, segurança e controlo da qualidade.
Vitamin C plays a very important role in the healthy growth and development of babies. Infant and follow-on formulas are frequently consumed by this age group and it is extremely important to ensure that this vitamin is present in adequate concentrations in this type of products. This research aimed to determine the total vitamin C, L-ascorbic acid and dehydroascorbic acid contents in infant foods, and compare the results obtained with the limits established in Commission Delegated Regulation (EU) 2016/127. In 2016, 7 infant foods, 4 infant formulas and 3 follow-on formulas, were acquired. All vitamin C contents obtained for the analysed samples, ranged from 65.4 ± 0.28 to 134 ± 1.27 mg/100 g of sample, and were within the established limits. Since this type of food products is very important to a group of consumers belonging to an age group as young and as vulnerable as the infants, regulation, safety and quality control of this type of products is of extreme importance.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/4867
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Appears in Collections:DAN - Artigos em revistas nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N19_2017_artigo6.pdf1,76 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.