Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/4865
Título: Poluição atmosférica: breve revisão da situação em Portugal e os impactos na saúde pública
Outros títulos: Atmospheric pollution: brief review of the situation in Portugal and the impacts on public health
Autor: Torres, Pedro
Costa, Solange
Ferreira, Joana
Silveira, Carlos
Miranda, Ana Isabel
Teixeira, João Paulo
Pereira, Maria do Carmo
Mendes, Ana
Palavras-chave: Poluição Atmosférica
Avaliação do Impacte em Saúde
Portugal
Ar e Saúde Ocupacional
Data: Out-2017
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citação: Boletim Epidemiológico Observações. 2017 maio-agosto;6(19):20-25
Resumo: A necessidade de implementação de ações de mitigação de emissões de poluentes atmosféricos e de redução de concentrações de poluentes para a população e meio envolvente requer uma análise temporal da evolução de emissões, concentrações e indicadores representativos de efeitos na saúde potencialmente associados à poluição atmosférica. Foi possível realizar uma análise comparativa entre 2009 e 2015 considerando a distribuição geográfica no território continental português, abordando: as emissões de poluentes óxidos de azoto (NOx), óxidos de enxofre (SOx), metano (CH4 ), dióxido de carbono (CO2 ), amoníaco (NH3 ), partículas suspensas no ar com diâmetro aerodinâmico inferior a 10 μm (PM10), partículas suspensas no ar com diâmetro aerodinâmico inferior a 2.5 μm (PM2.5); as concentrações médias anuais dos principais poluentes SO2 , NO2 , ozono (O3 ), PM10 e PM2.5; e indicadores de saúde pública (número de mortes por causa definida, potencialmente associada à poluição atmosférica). Relativamente aos efeitos na saúde, observaram-se diferentes tendências em cada causa de morte associada, e identificaram-se as regiões Norte, Centro e Lisboa como as mais afetadas. As diferenças registadas podem ser analisadas como evidências de existências de fatores externos que condicionam e determinam as variações do número de mortes registado de ano para ano nas diferentes regiões.
The need to implement actions to mitigate emissions of atmospheric pollutants and to reduce concentrations of pollutants to the population and the environment requires a temporal analysis of the evolution of emissions, concentrations and indicators representing health ef fects potentially associated with air pollution. It was possible to carr y out a comparative analysis between 2009 and 2015 considering the geographical distribution in the Por tuguese mainland, addressing pollutant emissions nitrogen oxides (NOx), sulphur oxides (SOx), methane (CH4 ), carbon dioxide (CO2 ), ammonia (NH3 ), inhalable coarse par ticles with a diameter of 10 μm or less (PM10), fine par ticles with a diameter of 2.5 μm or less (PM2.5), the annual average concentrations of the main pollutants (SO2 , NO2 , O3 , PM10, PM2.5); and public health indicators (number of deaths due to defined cause, potentially associated with air pollution). Regarding the health ef fects, it was obser ved that dif ferent trends are presented in each associated cause of death, being able to identif y the zones of Nor th, Center and Lisbon as the most af fected in these causes of death. The dif ferences recorded can be analy zed as evidence of existences of ex ternal factors that determine the variations in the number of deaths recorded from year to year in dif ferent regions.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/4865
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Aparece nas colecções:DSA - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N19_2017_artigo4.pdf2,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.