Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/4864
Título: Atividade do transplante renal de 2003 a 2016: Portugal na União Europeia a 28
Outros títulos: Kidney transplantation activity from 2003 to 2016: Portugal within the European Union of 28
Autor: Lima, Bruno A.
Alves, Helena
Palavras-chave: Transplante Renal
Transplante de Rim
Insuficiência Renal
Doenças Não Transmissíveis
União Europeia
Portugal
Data: Out-2017
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citação: Boletim Epidemiológico Observações. 2017 maio-agosto;6(19):16-19
Resumo: A diálise e o transplante de rim são as terapias de substituição renal disponíveis para doentes com insuficiência renal. Em comparação com a diálise, o transplante renal está associado com uma substancial redução do risco de mortalidade e de eventos cardiovasculares, bem como com melhorias clinicamente relevantes, da qualidade de vida dos doentes. O objetivo deste trabalho é o de comparar a atividade de transplantação renal em Portugal com a atividade dos restantes países da União Europeia no período entre 2003 a 2016. Este estudo tem por base a informação do Observatório Global em Doação e Transplantação, recolhida e produzida pela colaboração entre a Organização Mundial de Saúde e a Organización Nacional de Trasplante de Espanha, de onde recolhemos os dados disponíveis respeitantes aos 28 países da União Europeia. Depois de em 2009 Portugal ter sido o país da União Europeia com o maior número de transplantes de rim de dador cadáver pmh, em 2012 Portugal cai para o 7º lugar deste ranking, ocupando em 2014 a sua pior posição (9º lugar) desde 2003. Se no que diz respeito aos transplantes com dador cadáver, Portugal já conseguiu alcançar posições cimeiras no ranking apresentado, relativamente ao transplante com dador vivo as posições de Portugal têm sido apenas modestas.
Dialysis and kidney transplantation are renal replacement therapies available for patients with end stage renal disease. In comparison to dialysis, renal transplantation is associated with a substantial reduction in the risk of mor tality and cardiovascular events, as well as with clinically relevant improvements in patients' quality of life. The objective of this study is to compare the renal transplantation activity in Por tugal with the activity of the other European Union countries. This study are based on information from the Global Obser vator y on Donation and Transplantation of Spain, collected and produced by the collaboration between the World Health Organization and the Organización Nacional de Trasplantes, from where we collected the available data regarding to Por tugal for the years between 2003 and 2016. In 2009, Por tugal was the countr y in the European Union with the higher number of deceased donors transplants per million population. In 2012, Por tugal drops to the 7th place, reaching, in 2014, its worst position since 2003. In terms of deceased donor transplants, Por tugal had already reached top positions in the ranking here presented, but in relation to living donor transplantation, Por tugal's positions have been just poor.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/4864
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Aparece nas colecções:DPSPDNT - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N19_2017_artigo3.pdf1,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.