Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/4715
Título: Determinação do ergosterol no cogumelo ostra (Pleurotus ostreatus) cultivado em borras de café e palha de trigo
Outros títulos: Determination of ergosterol in oyster mushroom (Pleurotus ostreatus) cultivated in coffee grounds and wheat straw
Autor: Ricardo, Sofia
Sanches-Silva, Ana
Ramos, Fernando
Castilho, Maria Conceição
Palavras-chave: Cogumelo Ostra
Pleurotus ostreatus
Ergosterol
Compostos Bioativos
Composição dos Alimentos
Alimentação e Nutrição
Data: 18-Mai-2017
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citação: Boletim Epidemiológico Observações. 2017 janeiro-abril;6(18):32-35
Resumo: Um dos cogumelos comestíveis que tem suscitado maior interesse nos últimos anos é o Pleurotus ostreatus, conhecido como cogumelo ostra, devido à facilidade de cultivo e ao seu grande potencial económico e qualidade nutricional. Existe, assim, a necessidade de estudar a sua composição em nutrientes e compostos bioativos para valorizar o seu cultivo. Este estudo teve por objetivo determinar o teor de ergosterol, por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência acoplada a detetor de Ultravioleta-Visível, do cogumelo Pleurotus ostreatus cultivado em diferentes substratos, nomeadamente, borras de café e palha de trigo. Verificou-se que as amostras de cogumelo P. ostreatus cultivadas em borras de café apresentaram uma concentração de ergosterol superior (4,06 ± 0,32 mg/g de matéria seca) relativamente às amostras da mesma espécie de cogumelo cultivadas em palha de trigo (3,34 ± 0,19 mg/g de matéria seca). O uso das borras de café no substrato de crescimento de cogumelos ostra permitiu um aumento da concentração de ergosterol. No futuro seria de todo o interesse avaliar a influência do uso deste subproduto no substrato de crescimento de outras espécies comestíveis de cogumelos e no teor de outros compostos bioativos.
One of the edible mushrooms that have attracted more interest in recent years is Pleurotus ostreatus, known as the oyster mushroom, due to the ease of cultivation and its great economic potential and nutritional quality. Therefore there is the need to study its composition in nutrients and bioactive compounds to enhance its cultivation. This study aimed to determine the ergosterol content by high-performance liquid chromatography coupled to the ultraviolet-visibilize detector of Pleurotus ostreatus mushroom grown on different substrates, namely coffee grounds and wheat straw. Samples of P. ostreatus mushroom cultivated in coffee grounds showed a higher concentration of ergosterol (4.06 / g ± 0.32 mg dry matter) than the samples of the same species of mushroom grown on wheat straw (3.34 / g ± 0.19 mg dry matter). The use of coffee grounds on the oyster mushroom growth substrate allowed obtaining an increase in ergosterol concentration. In the future it would be of great interest to evaluate the influence of the use of this by-product on the growth substrate of other edible mushrooms species and on the content of other bioactive compounds.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/4715
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Aparece nas colecções:DAN - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N18_2017_artigo7.pdf687,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.