Repositório Científico do Instituto Nacional de Saúde >
Departamento de Alimentação e Nutrição >
DAN - Posters/abstracts em congressos internacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.18/464

Title: Relação entre as dimensões socioeconómicas, demográficas e ambientais com a obesidade infantil em Portugal no âmbito do projecto Comunitário - MUNSI
Authors: Silva, Ana Lúcia
Ramos, Carlos
Carvalho, Maria Ana
Breda, João
Rito, Ana
Keywords: Estilos de Vida e Impacto na Saúde
Issue Date: May-2011
Publisher: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Abstract: INTRODUÇÃO: O excesso de peso e a obesidade têm vindo a aumentar consistentemente na União Europeia (EU) e particularmente em Portugal, afectando cada vez mais crianças e adolescentes. O programa de acção comunitário no campo da saúde identifica como áreas prioritárias de actuação a protecção dos cidadãos contra as ameaças à saúde e a promoção de políticas que conduzam a estilos de vida mais saudáveis. Neste sentido é particularmente determinante o papel das autarquias locais, pela sua intervenção ao nível da promoção da actividade física, da existência de um ambiente urbano adequado e na disponibilização dos cidadãos particularmente na comunidade escolar de alimentos saudáveis. O Projecto MUNSI (2008 a 2011) desenvolve-se nos municípios do Fundão, de Oeiras, do Montijo, do Seixal e de Viana do Castelo e tem como objectivo a concepção e operacionalização de um Sistema Integrado de Vigilância Nutricional de suporte a políticas locais. MÉTODOS: O estado nutricional da população infantil inscrita no 2º ano do 1º ciclo do ensino básico da comunidade escolar dos Municípios envolvidos (n=167), no ano 2008/2009, foi avaliado segundo o critério do CDC (2000) e relacionado com as dimensões socioeconómicas, demográficas e ambientais recolhidas através de um questionário aplicado às famílias das crianças em estudo. RESULTADOS: 3173 crianças foram avaliadas, 50,6% eram do sexo feminino, com uma média de idades de 7,5 anos (±0,8). A prevalência de excesso de peso foi de 32,1% (IMC≥P85), das quais 14,3% eram obesas (BMI≥P95). Verificou-se que crianças sem irmãos e cujas famílias apresentavam baixos níveis socioeconómicos (<1500€/mês) apresentavam um factor associado de risco ao desenvolvimento da obesidade (OR=1,6; 95%CI: 1,1-2,3) e (OR=3,9; 95%CI: 1,4-10,8). Comportamentos sedentários como o visionamento televisivo (>2horas) mostraram associações semelhantes (OR=1,3; 95%CI: 1,0-1,7) e igualmente em crianças com uma duração de sono ≤8horas (OR=1,5; 95%CI: 1,1-2,1). Crianças que não foram amamentadas e macrossómicas também mostraram maior risco associado à obesidade (OR=1,6; 95%CI: 1,1-2,2) e (OR=2,5; 95%CI: 1,3-4,6). Observou-se ainda que a maior parte das crianças tomava o pequeno-almoço diariamente (96,9%) e almoçava na escola (84,1%). O consumo diário de doces demonstrou uma maior tendência no desenvolvimento da obesidade (OR=2,3; 95%CI: 1,2-4,3) contrariamente ao verificado naquelas que consumiam sopa diariamente (OR=0,6; 95%CI: 0,3-1,0). CONCLUSÕES: Conclui-se que programas de acção comunitária identificam dimensões prioritárias de actuação na prevenção da obesidade, designadamente de carácter socioeconómico, demográfico e ambiental na promoção de políticas que conduzam a estilos de vida mais saudáveis.
Peer Reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/464
Appears in Collections:DAN - Posters/abstracts em congressos internacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
APN_Ibérico_2011.pdf211.48 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © 2010 www.insa.pt - Todos os direitos reservados | Feedback Ministério da Saúde

Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE