Repositório Científico do Instituto Nacional de Saúde >
Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Não Transmissíveis >
DPSPDNT - Posters/abstracts em congressos nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.18/458

Título: Utilidade da Proteómica na Compreensão da Patogenia Molecular Proximal da Doença Cerebral Alcoólica
Autor: Peneda, Jorge
Charro, Nuno
L. Hood, Brian
Fonseca, Aidil
Hagenfeldt, Manuela
Miranda, Armandina
Zerimech, Farid
Gomes, Filomena
Neto, Domingos
P. Conrads, Thomas
Faria, Daniel
M Couto, Francisco
Penque, Deborah
Palavras-chave: Genómica Funcional e Estrutural
Issue Date: Jun-2011
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Resumo: O avanço técnico instrumental no estudo da Proteómica permite aprofundar a interpretação da patogenia molecular de múltiplas doenças. Na doença degenerativa cerebral o mecanismo patogénico inflamatório crónico e imunológico tem sido consensual como será o caso deste órgão alvo preferencial estrutural e funcional em circuitos neuronais susceptíveis na doença alcoólica crónica. A perda da quiescência da impermeabilidade da barreira hemato-encefálica na doença alcoólica, torna acessível o estudo de marcadores moleculares proteicos no sangue periférico, com o apoio da bioinformática e cuidado escrutínio abrangente bibliográfico de proteínas selectivas individuais explícitas e, implícitas intervenientes directas/indirectas na disfunção bioquímica da nevróglia (glicose) e da transmissão neural. Objectivo: Valorização interpretativa no comportamento do complexo perfil proteómico electivo na patogenia molecular da doença cerebral sob efeito pró imunoinflamatório sistémico do metabolismo do etanol e endotoxémia na doença cerebral alcoólica (DCA). Material e métodos: Estudo longitudinal de 27 doentes com alcoolismo crónico activo (T0) e valorização comparativa com abstinência controlada (T1) terapêutica, psicologia de grupo e dieta standardizada em dois subgrupos: (A n=17) com elevados níveis relativos de indicadores de stresse oxidativo/nítrico versus (B n=10) com baixos níveis destes indicadores. Métodos laboratoriais – proteómica e bioquímica descrita pelos autores em 4th EuPA Scientific Meeting, A Proteomics Odyssey Towards Next Decades, Estoril, Portugal, October 23-27 2010:110 111. Resultados Sintéticos: Frequência de rácios A/B: 54.2% de 354 proteínas totais descriminadas têm influência directa/indirecta no SNC. Do total, 51.8% aumentadas e 53.1% diminuídas. Evolução de rácios sob abstinência em cada grupo: AT0/AT1 de 146 proteínas 40.4% diminuídas e 59.6% aumentadas; BT0/BT1 de 130 proteínas 50.8% diminuídas e 49.2% aumentadas; e ainda valorização funcional descriminada de proteínas individuais do total de 340. Conclusões: O stresse oxidativo/nítrico altera o perfil proteómico quantitativo e qualitativo sob consumo activo com indiciadores moleculares múltiplos para um estado global pró-inflamatório e pró-apoptoico (glicose e degenerescência neural). A reversibilidade clínica parcial é acompanhada por variações evolutivas quantitativas e qualitativas do perfil proteómico o que permite valorizar a importância do stresse oxidativo/nítrico como indução patogénica molecular proximal na degenerescência da (DCA).
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/458
Appears in Collections:DPSPDNT - Posters/abstracts em congressos nacionais
DGH - Posters/abstracts em congressos nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
UTILIDADE DA PROTEÓMICA NA COMPREENSÃO.pdf1,37 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © 2010 www.insa.pt - Todos os direitos reservados | Feedback Ministério da Saúde
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia