Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/4108
Título: Análise antigénica e genética dos vírus da gripe: inverno 2015/2016
Outros títulos: Antigenic and genetic analysis of influenza virus: 2015/2016 winter
Autor: Pechirra, Pedro
Costa, Inês
Conde, Patrícia
Cristóvão, Paula
Guiomar, Raquel
Palavras-chave: Gripe
Influenza
Análise Antigénica
Análise Genética
Vigilância Laboratorial
Infecções Respiratórias
Época 2015/2016
Saúde Pública
Portugal
Data: Nov-2016
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citação: Boletim Epidemiológico Observações. 2016 setembro-dezembro;5(17):23-28
Resumo: A análise antigénica e genética dos vírus da gripe é um dos principais objetivos da vigilância da gripe. Na época de 2015/2016, foram caraterizadas antigénica e geneticamente, 210 e 139 estirpes virais, respetivamente, a partir de amostras biológicas recebidas através do Programa Nacional de Vigilância da Gripe e da Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Gripe. Os vírus do subtipo A(H1)pdm09, predominantes em circulação nesta época foram antigenicamente semelhantes à estirpe incluída na vacina antigripal 2015/2016. A sua caraterização genética revelou que a maioria pertence ao novo subgrupo genético 6B.1 com 4 importantes alterações na sequência peptídica da hemaglutinina em relação à estirpe vacinal. Os vírus B/Victoria, detetados no fim da epidemia de gripe, apesar de pertencerem ao grupo 1A apresentam já alguma divergência antigénica e genética em relação à estirpe B/Brisbane/60/2008 que será incluída na vacina antigripal para 2016/2017. Os vírus do subtipo A(H3), detetados em numero reduzido ao longo da época distribuíram- se pelos grupos genéticos 3C.2a e 3C.3a, com 7 e 2 substituições de aminoácidos importantes em relação à estirpe vacinal 2015/2016, respectivamente. Os vírus A(H3) caraterizados foram semelhantes antigenicamente à futura estirpe vacinal 2016/2017.
Antigenic and genetic analysis of influenza viruses is one of the main objectives of influenza sur veillance. During 2015/2016 season were antigenically and genetically characterized 210 and 139 viral strains, respectively, from biological products received in the scope of the National Program for Influenza Sur veillance and from the Por tuguese Laboratories Network for the Diagnosis of Influenza. Viruses from A(H1)pdm09 subtype, predominant in circulation this season, were antigenically similar to the strain included in the 2015/2016 influenza vaccine. Their genetic characterization revealed that most of them belong to the new genetic subgroup 6B.1 with 4 impor tant changes in hemagglutinin peptide sequence when comparing to the vaccine strain. B/Victoria viruses, detected at the end of influenza epidemics, despite belonging to the group 1A, present some antigenic and genetic diversity in relation to B/Brisbane/60/2008 which will be included in the 2016/2017 influenza vaccine. Subtype A(H3) viruses, detected in reduced numbers throughout the season, have clustered in 3C.2a and 3C.3a genetic groups, with 7 and 2 impor tant amino acid substitutions in relation to the vaccine strain 2015/2016. Characterised A(H3) viruses were antigenically similar to the future 2016/2017 vaccine strain.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/4108
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Aparece nas colecções:DDI - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N17_2016_artigo6.pdf970,77 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.