Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/3694
Título: História familiar de diabetes e outras co-morbilidades em crianças portuguesas com excesso de peso e obesidade: COSI Portugal 2013
Outros títulos: Family history of diabetes and co-mobidities in overweight and obese Portuguese children: COSI Portugal 2013
Autor: Rito, Ana Isabel
Cruz, Rita
Baleia, Joana
Vieira, Isabel
Palavras-chave: Diabetes
História Familiar
Obesidade Infantil
Estilos de Vida e Impacto na Saúde
Determinantes da Saúde e da Doença
COSI
Portugal
Data: Mar-2016
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Citação: Boletim Epidemiológico Observações. 2016 janeiro-abril;5(15):6-8
Resumo: [PT] Para além da influência genética, o ambiente familiar tem vindo a ser demonstrado como um dos fatores mais decisivos, apesar de complexo, no estado nutricional infantil. A obesidade parental está associada na maioria dos casos a co-morbilidades, como a diabetes tipo II, doenças cardiovasculares, hipertensão e dislipidémia. Pretende-se verificar a existência de associação entre os antecedentes familiares da diabetes e co-morbilidades e o estado nutricional das crianças portuguesas. Foram avaliadas 5393 crianças com 6 (30%), 7 (44,6%) e 8 (25,4%) anos de idade de 196 escolas do 1º ciclo do ensino básico. De acordo com os critérios da OMS, 31,6% das crianças apresentaram excesso de peso, sendo 13,9% obesas. 13% das famílias das crianças indicaram ter diabetes tipo II e mais de metade destas tinham-no associado à hipertensão arterial ou hipercolesterolemia. Existe uma probabilidade 1,25 vezes maior de crianças, de famílias com antecedentes de diabetes e colesterol elevado, apresentarem excesso de peso, o que reforça a associação positiva entre patologias familiares e o estado nutricional infantil. É fundamental uma contínua avaliação detalhada e compreensiva das várias dimensões da obesidade infantil, designadamente sobre o ambiente familiar, para a adequada e mais ajustada resposta política e o desenho de programas de prevenção e intervenção no combate deste problema de saúde pública.
[EN] The genetic influence, as well as the family environment, have been shown as one of the decisive factors, although complex, in the outcome of children's nutritional status. Parental obesity is associated, in most cases, with co-morbidities such as type II diabetes, cardiovascular disease, hypertension and dyslipidemia. Aims to verify the existence of association between family history of diabetes and its comorbidities and children´s nutritional status. A national representative sample of 5393 children, with 6 (30%), 7 (44.6%) and 8 (25.4%) years of age, was evaluated from 196 elementary schools. According to WHO criteria, 31.6% of children were overweight, and 13.9% obese. 13% of families in the study reported having type II diabetes and more than half of these had associated hypertension or hypercholesterolemia. There is a likelihood 1.25 times larger of children presenting overweight, whose families have a history of diabetes and highcholesterol, that reinforces the positive association between family pathologies and children´s nutritional status. It is essential a continuous detailed and comprehensive assessment of the various dimensions of childhood obesity. In particular, family environment should be one of the focus in order to facilitate adequate and more tailored policy response and the design of prevention and intervention programs in addressing this important public health issue.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/3694
ISSN: 0874-2928
2182-8873 (em linha)
Aparece nas colecções:DAN - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N15_2016_artigo2.pdf692,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.