Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/2657
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorFaria, Ana Paula-
dc.contributor.authorNunes, Baltazar-
dc.contributor.authorCorreia, Helena-
dc.contributor.authorBrito, Cristina-
dc.contributor.authorWahlstedt, Juha-
dc.contributor.authorPakkanen, Anja-
dc.contributor.authorVanhanen, Anna-Riitta-
dc.contributor.authorPelanti, Jonna-
dc.contributor.authorRauvo, Päivi-
dc.contributor.authorMyllys, Raija-
dc.contributor.authorEklund, Satu-
dc.contributor.authorHäkkinen, Teija-
dc.contributor.authorNordberg, Ulla-Riitta-
dc.contributor.authorCardoso, Ana-
dc.date.accessioned2015-01-19T13:02:32Z-
dc.date.available2015-01-19T13:02:32Z-
dc.date.issued2014-06-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.18/2657-
dc.description.abstractO Programa Nacional de Avaliação Externa da Qualidade (PNAEQ), inserido no Departamento de Epidemiologia do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA, IP), Portugal, tem como objetivo promover, organizar e coordenar programas de Avaliação Externa da Qualidade Laboratorial (AEQ). Neste sentido, o PNAEQ estabeleceu um protocolo de colaboração com a entidade finlandesa Labquality de modo a alargar a oferta de programas disponíveis, englobando, entre outras, a área dos Testes Point of Care (POCT). Os primeiros programas de AEQ-POCT distribuídos pelo PNAEQ, em colaboração da Labquality, tiveram início em 2010 com os ensaios para Teste de Gravidez, Química Clínica e Glicose. Atualmente, estão disponíveis 26 programas de AEQ-POCT que abrangem as áreas de Química Clínica, Hematologia e Microbiologia. Os POCT são testes de diagnóstico rápido realizados fora do ambiente laboratorial em pequenos analisadores portáteis. A sua utilização não requer formação especializada em técnicas de laboratório, pelo que podem ser realizados por quaisquer profissionais de saúde ou até mesmo pelos doentes. Têm como finalidade a triagem de utentes, o diagnóstico de situações agudas, a monitorização de fármacos ou o acompanhamento de doenças crónicas. Em comparação com o laboratório, apresentam como vantagens a facilidade de uso, a diversidade de testes disponíveis, não requerem preparação prévia de reagentes e necessitam de poucos procedimentos de manutenção (a maioria dos dispositivos é de uso único). Também a colheita de sangue é menos invasiva (punção capilar), o volume da amostra é reduzido, o tempo de transporte é eliminado ou diminuído e não requerem preparação prévia das amostras (sangue total). Tudo isto, permite que o tempo de resposta seja imediato.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherInstituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IPpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectAvaliação Externa da Qualidadepor
dc.subjectAEQpor
dc.subjectPrograma Nacional de Avaliação Externa da Qualidadepor
dc.subjectPNAEQpor
dc.subjectPoint-of-care Testingpor
dc.subjectPOCTpor
dc.subjectTestes Rápidos de Diagnósticopor
dc.subjectTestes Laboratoriais Remotospor
dc.titleAvaliação Externa da Qualidade nos Point of Care Test (POCT)por
dc.typeconferenceObjectpor
degois.publication.locationPorto Alegre, Brasilpor
degois.publication.title41º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas, 1-4 junho 2014por
Aparece nas colecções:DEP - Posters/abstracts em congressos internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Avaliação Externa da Qualidade nos Point of Care Test (POCT)_SBAC_Junho 2014.pdf916,04 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.