Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/2604
Título: Embalagens - veículo de informação alimentar: conhecimento dos hábitos de reciclagem dos consumidores portugueses
Autor: Carvalho-Costa, D.
Costa, H.S.
Albuquerque, T.G.
Reis, A.R.
Castilho, M.C.
Ramos, F.
Machado, A.V.
Sanches-Silva, A.
Palavras-chave: Segurança Alimentar
Composição de Alimentos
Embalagens Alimentares
Data: Out-2014
Resumo: Atualmente há uma grande variedade de embalagens, tanto no que se refere ao tipo de materiais, como às propriedades desses mesmos materiais (resistência, permeabilidade ao oxigénio ou ao vapor de água, entre outras). A forma como são utilizadas as embalagens, respeitando ou não as indicações do fabricante, poderá ter um grande impacto na segurança e na saúde dos consumidores. Deste modo, é relevante que se obtenham dados acerca do conhecimento dos consumidores tanto em relação à identificação dos materiais das embalagens, como em relação à utilização das mesmas. Considerando que a grande maioria dos alimentos são comercializados embalados, o impacto ambiental das embalagens quando não é feita a sua reciclagem, poderá ser significativo. Assim, é de grande importância obter informação sobre os hábitos de reciclagem da população portuguesa. Foi realizado um estudo baseado num questionário para avaliar o grau de conhecimento dos consumidores sobre as embalagens, principalmente as plásticas, incidindo em temas como a preocupação em reciclar as mesmas ou de utilizar as mesmas só nas condições indicadas pelo fabricante. O estudo foi aplicado a 179 indivíduos, na sua maioria jovens adultos. Verificou-se que cerca de 60% dos inquiridos considera que o tipo de embalagem é relevante para a escolha dos produtos. Aproximadamente 89% dos inquiridos consideram que o plástico é o tipo de material mais frequentemente utilizado para embalar os produtos alimentares que adquirem. Cerca de 26% dos inquiridos afirma nunca ou raramente reciclar as embalagens plásticas de uso alimentar, enquanto 43% afirma reciclar sempre. Aproximadamente 12% refere procurar e cumprir as indicações do fabricante (adequado para lavar na máquina, material aprovado para uso alimentar, reciclável, adequado para micro-ondas), apesar de desconhecer os riscos de uma inadequada utilização, enquanto 26% não procura as indicações nas embalagens e cerca de 6% não se encontra familiarizado com os símbolos das embalagens plásticas. Os resultados indicam a necessidade de consciencializar a população para os perigos relacionados com o uso indevido das embalagens, bem como para a importância da reciclagem.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/2604
Aparece nas colecções:DAN - Posters/abstracts em congressos nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PortFir2014_embalagens.pdf644,35 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.