Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/2391
Título: Médicos-Sentinela : relatório de actividades 1998
Autor: Departamento de Epidemiologia
Palavras-chave: Cuidados de Saúde
Estados de Saúde e de Doença
Síndroma Gripal
Amigdalite Aguda
Diabetes Mellitus
Enfarte do Miocárdio
Acidente Vascular Cerebral
Acidente Isquémico Transitório
Agressões
Acidentes
Fratura do Colo do Fémur
Interrupção Voluntária da Gravidez
Queixas de Disfunção Sexual
Insónia
Tentativa de Suicídio
Suicídio
Data: Out-2014
Editora: Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge, IP
Relatório da Série N.º: 12. O que se fez em 1998
Resumo: A Rede Médicos Sentinela é um sistema de observação em saúde constituído por médicos de Medicina Geral e Familiar que exerçam funções numa Unidade de Saúde Familiar ou Unidade de Cuidados de Saúde Personalizadas. Em 1998, o número máximo de médicos participantes na Rede foi de 196 tendo sido alcançada uma população máxima sob observação (PMSO) de 237.570 e uma população sob observação efetiva (PSOE) de 138.221 (58,1 % da PMSO).
Descrição: Nota de revisão: Relatório publicado pela primeira vez em 2014. Por esta razão os resultados apresentados estão resumidos em quadros e não foi possível a validação dos resultados referentes à consulta de adolescentes.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/2391
Aparece nas colecções:DEP - Relatórios científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Medicos-sentinela-N12_1998.pdf1,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.