Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/2187
Título: Vigilância Virológica da Gripe em Portugal no Inverno 2012/2013
Autor: Cristóvão, Paula
Conde, Patrícia
Pechirra, Pedro
Nunes, Baltazar
Guiomar, Raquel
Palavras-chave: Infecções Respiratórias
Gripe
Vigilância Laboratorial
2012/2013
Data: 25-Out-2013
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Resumo: Na época de vigilância 2012/2013, o período epidémico foi tardio e de duração semelhante à época anterior. Durante a época de gripe de 2012/2013, verificou-se a co-circulação dos três vírus influenza sazonais com maior destaque para a circulação do vírus influenza A(H1)pdm09 e vírus influenza B, da linhagem Yamagata, num inverno em que a atividade gripal foi moderada e com taxas de incidência de casos de síndroma gripal inferiores às verificadas na passada época de 2011/2012 (69 casos de SG por 105 habitantes). Ao longo do período em estudo, a análise laboratorial revelou a presença de vírus influenza em 549 (43,5%) dos 1262 exsudados da nasofaringe recebidos em 2012/2013. Dos 549 vírus influenza identificados, 267 (48,6%) pertenciam ao tipo A e 282 (51,4%) ao tipo B. Destes 233 (42,4%) vírus pertencem ao subtipo A(H1)pdm09, 35 (6,4%) ao subtipo AH3, 272 (49,6%) à linhagem B/Yamagata e 10 (1,8%) à linhagem B/Victoria. O vírus do subtipo A(H1) sazonal não foi detetado nos casos estudados. Foram detetados casos de gripe entre a semana 40/2012 e 18/2013, sendo que a percentagem de casos positivos para vírus influenza foi superior a 50% durante 7 semanas consecutivas (entre a semana 6 e 12 de 2013), com um máximo de 74 casos casos positivos registado na semana 9/2013 (Março). Durante a época de 2012/2013, a maior percentagem de casos de gripe, foi verificada nas crianças, em idade escolar, com idades compreendidas entre os 5 e 14 anos. As estirpes do vírus influenza A(H3) e A(H1)pdm09, isoladas em cultura celular, apresentam elevada homologia com as estirpes incluídas na vacina antigripal da época 2012/2013 (A/Victoria/361/2011 e A/California/7/2009, respetivamente). As estirpes do vírus influenza B, linhagem Yamagata, evidenciaram uma maior variabilidade antigénica, aproximando-se da estirpe de referência B/Massachusetts/2/2012 (futura estirpe vacinal 2013/2014). A análise genética, relativa à subunidade HA1 do gene da hemaglutinina, revelou que os vírus influenza B/Yamagata detetados se distribuem pelos grupos genéticos representados pelas estirpes B/Estonia/55669/2011 e B/Winsconsin/1/2010. A maioria dos vírus influenza A(H1)pdm09 caraterizados pertencem ao grupo genético representado pela estirpe A/St. Petersburg/100/2011. Quanto à monitorização da resistência aos antivirais, as estirpes do vírus influenza A(H1)pdm09 e B estudadas revelaram ser susceptíveis aos antivirais oseltamivir e zanamivir.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/2187
Aparece nas colecções:DDI - Posters/abstracts em congressos nacionais
DEP - Posters/abstracts em congressos nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster Vigilância Virológica da Gripe 2012-2013.pdf334,79 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.