Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/1981
Título: Projeto HERA - Avaliação de risco ambiental de um ambiente estuarino contaminado: resultados do estudo epidemiológico (2011-2012)
Autor: Machado, Ausenda
Paixão, Eleonora
Silva, Susana
Dias, Carlos Matias
Palavras-chave: Determinantes da Saúde e da Doença
Estados de Saúde e de Doença
Avaliação de Risco Ecológico e Para Saúde Humana
Data: Out-2013
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Resumo: O estuário do Sado localiza-se na costa Este de Portugal, na península de Setúbal. Estudos ambientais, realizados anteriormente neste local, identificaram várias fontes de contaminação (industrial, fontes antropogénicas não-pontuais e contaminação proveniente do rio), que em conjunto contribuem para a acumulação de sedimentos contaminados e com reconhecidos impactos sobre o sistema ecológico. A população que vive nas imediações tem atividade piscatória intensa e juntamente com atividades agrícolas, contribuem para a disponibilidade de produtos provenientes da pesca aos residentes locais. Os padrões de consumo alimentar caraterizados através de estudos etnográficos sugerem que a exposição a produtos do estuário, de produtos agrícolas e de consumo de água nas tarefas diárias constituem uma potencial via de contaminação humana. Atualmente encontra-se devidamente comprovada a associação entre a exposição a metais pesados e a existência de doenças renais e neurológicas, sendo que a maioria dos metais pesados são classificados como carcinogéneos e teratogénicos. Neste local embora haja um conjunto considerável de estudos ambientais sobre a contaminação por metais pesados e efeitos nos sistemas ecológicos, não existe nenhuma investigação que procurasse encontrar associações entre a contaminação ambiental e efeitos na saúde. Assim, de forma a ultrapassar esta lacuna de conhecimento, foi implementado no estuário do Sado um estudo integrado e multidisciplinar para avaliar o risco ambiental, incluindo ecológico e na saúde humana. O projeto HERA (Avaliação de risco ambiental de um ambiente estuarino contaminado: um estudo de caso) é financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT- PTDC/SAU-ESA/100107/2008) e inclui um estudo epidemiológico que pretende caraterizar as vias de exposição aos produtos do estuário e potenciais efeitos na saúde.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/1981
Aparece nas colecções:DEP - Relatórios científicos e técnicos



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.