Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/1887
Título: Projeto Rose4Pack – Embalagem biodegradável ativa com extrato de alecrim (Rosmarinus officinalis L.) para incrementar a vida útil dos alimentos.
Autor: Sanches-Silva, A.
Albuquerque, T.G.
Costa, D.
Castilho, M.C.
Ramos, F.
Machado, A.V.
Costa, H.S.
Palavras-chave: Segurança Alimentar
Composição de Alimentos
Extrato de Alecrim
Antioxidantes Naturais
Embalagens Ativas
Data: 31-Out-2013
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Resumo: O projeto Rose4Pack é o acrónimo de “Embalagem biodegradável ativa com extrato de alecrim (Rosmarinus officinalis) para incrementar a vida útil dos alimentos”. Este projeto visa desenvolver e avaliar a eficácia de uma nova embalagem alimentar ativa e biodegradável que incorpora extrato de uma planta com propriedades antioxidantes. O fator crítico de sucesso deste projeto é o uso de extrato de alecrim, o qual foi muito recentemente aprovado como aditivo alimentar (Directivas 2010/67/EU e 2010/69/EU). Assim, tenciona-se que a nova embalagem tenha uma atividade antioxidante que permita conservar a qualidade dos alimentos e aumentar o seu prazo de validade, garantindo simultaneamente a sua segurança alimentar. O extrato de alecrim contém compostos antioxidantes de origem natural, tais como o ácido carnósico e o carnosol. A eficiência da nova embalagem ativa como protetor dos alimentos será avaliada com estudos de migração e de avaliação do grau de oxidação dos alimentos embalados durante o armazenamento em diferentes condições de tempo e temperatura. Este projeto centra-se numa nova e importante questão que espera trazer grandes benefícios, tanto para a indústria alimentar como para a das embalagens de alimentos, já que se trata de uma alternativa segura às embalagens convencionais que prolongará a vida útil dos mesmos, e por consequência aumenta a qualidade dos alimentos e contribui para a promoção da saúde dos consumidores. O projeto será desenvolvido durante 2 anos e teve início no dia 1 de Abril de 2013. No que diz respeito ao know how do grupo, os participantes têm experiência anterior na área e constituem uma equipa interdisciplinar. Neste projeto de investigação reúne-se a experiência de duas universidades (Universidade de Coimbra e do Minho) com a do INSA, I.P., o qual irá avaliar a atividade antioxidante de extratos naturais de várias origens e realizar estudos de migração e avaliação da segurança da nova embalagem. A Universidade do Minho irá incorporar os antioxidantes à embalagem alimentar e a Universidade de Coimbra vai contribuir para a avaliação da eficácia antioxidante da mesma. A empresa Plasteuropa, um dos maiores produtores nacionais de filme para embalagem, dará o seu contributo na realização do “up-scaling” e validação do filme.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/1887
Aparece nas colecções:DAN - Posters/abstracts em congressos nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
APCN_PortFIR_Rose4Pack.pdf972,6 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.