Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/1759
Título: Avaliação do risco ambiental e para a saúde pública de um ambiente estuarino contaminado
Autor: Pinto, Miguel
Louro, Henriqueta
Caeiro, Sandra
Costa, Pedro
Costa, Maria Helena
Lavinha, João
Silva, Maria João
Palavras-chave: Genotoxicidade Ambiental
Sedimentos Estuarinos
Ensaio do Cometa
Saúde Humana
Data: 23-Mai-2013
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Resumo: O estuário do rio Sado é um ecossistema de elevado valor ecológico e económico. Apesar de ter vindo a ser afetado ao longo dos anos por várias fontes de poluição de origem urbana, industrial e agrícola, continua ainda a ser, para a população local, um local privilegiado para atividades piscícolas e agrícolas. Contudo, existe uma preocupação relacionada com a potencial bioacumulação de contaminantes nas partes edíveis de espécies estuarinas ou de produtos agrícolas locais que entrarão assim na cadeia alimentar humana, podendo representar um problema de saúde pública. O presente estudo integra-se num projeto mais amplo que visa avaliar os riscos ambientais e para a saúde humana, associados a esse ambiente estuarino contaminado. Em particular, este estudo teve como objetivo caracterizar o potencial citotóxico e genotóxico de sedimentos colhidos em vários locais de pesca do Estuário do Sado numa linha celular humana, tendo em vista uma avaliação de eventuais efeitos nefastos para a saúde humana. Observaram-se efeitos citotóxicos e genotóxicos diferentes em amostras de sedimentos derivadas da margem esquerda vs. direita do estuário que se podem correlacionar com diferenças nos níveis e tipos de contaminantes identificados nessas amostras. Estes refletem, provavelmente, as diversas pressões no ecossistema derivadas de uma área urbana e industrializada (margem esquerda) vs. uma área de intensa atividade agrícola (margem direita). A observação de que amostras de sedimentos estuarinos induzem efeitos citotóxicos e genotóxicos em células humanas, em consonância com os efeitos também detetados em espécies estuarinas, enfatiza a preocupação sobre o impacto do consumo de espécies contaminadas na saúde das populações locais e reforça a necessidade de serem tomadas medidas no sentido de reduzir e remediar a poluição desta área estuarina.
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/1759
Aparece nas colecções:DGH - Apresentações orais em encontros nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Iniciativa_Riscos_Miguel_Pinto_INSA_2013.pdf7,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.