Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/1190
Título: Três rearranjos diferentes, três fenótipos diferentes :Estudo Familiar Cromossoma 14
Autor: Lopes, Elisa
Silva, Isaltina
Mota Freitas, Manuela
Oliva Teles, Natalia
Fortuna, Ana
Correia, Hildeberto
Fonseca e Silva ML 1., Maria da Luz
Palavras-chave: Doenças Genéticas
Rearranjos
Cromossoma 14
Data: 22-Nov-2012
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Resumo: Introdução – Cromossomas derivativos são o resultado de rearranjos estruturais que tanto podem ocorrer num só, como entre dois ou mais cromossomas. Estes rearranjos dão origem a cromossomas estruturalmente anormais, podendo resultar um fenótipo normal ou mais ou menos grave, dependendo do tipo de anomalia encontrada. Materiais e métodos – Caso índex: homem de 55 anos, referenciado para estudos de citogenética clássica (cariótipo com bandas GTG de alta resolução) e molecular (MLPA – kits P036 e P070 e FISH com sonda subtelomérica especifica para o cromossoma 14) por apresentar um quadro clínico de atraso mental. Posteriormente realizaram-se estudos citogenéticos a uma irmã com atraso cognitivo e baixa estatura, e a mais quatro familiares com fenótipos normais. Resultados – O cariótipo do caso índex revelou a existência de uma anomalia cromossómica estrutural desequilibrada num dos cromossomas 14, sugerindo uma deleção da banda 14q32, e uma duplicação do braço curto localizada na parte terminal do braço longo. Nos estudos de citogenética molecular, a técnica de MLPA identificou uma deleção da região subtelomérica no braço longo do cromossoma 14, em ambos os kits e, posteriormente, a técnica de FISH comprovou essa deleção. Após estudos familiares, concluiu-se que dois dos irmãos apresentavam anomalias cromossómicas distintas do caso índex, envolvendo igualmente o cromossoma 14. Apesar de não ser possível efetuar o cariótipo à mãe (falecida), presume-se que estas alterações tenham tido origem numa anomalia cromossómica materna, uma vez que o pai deste indivíduo apresentava um cariótipo normal. Conclusões – Os autores apresentam os resultados citogenéticos dos vários indivíduos estudados, e realçam a raridade da existência de três rearranjos diferentes (um deles aparentemente equilibrado e dois desequilibrados), envolvendo o cromossoma 14, encontrados numa mesma família.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/1190
Aparece nas colecções:DGH - Posters/abstracts em congressos nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
16 Reuniao SPGH_CGMJM_2012.pdf569,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.