Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/1150
Título: Médicos-Sentinela: relatório de atividades 2011
Autor: Branco, Maria João
Silva, Susana
Batista, Inês
Nunes, Baltazar
Dias, Carlos Matias
Palavras-chave: Médicos Sentinela
Síndroma Gripal
Diabetes
Acidente Vascular Cerebral
Enfarte Agudo do Miocárdio
Hipertensão Arterial
Acidentes
Lesão Autoinfligida
Tiróide
Joelho
Cuidados de Saúde
Data: Dez-2012
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Relatório da Série N.º: Número 25. Um quarto de milhão sob observação
Resumo: A Rede Médicos-Sentinela (MS) é constituída por médicos de Medicina Geral e Familiar (MGF) cuja atividade profissional é desenvolvida, na sua maioria, em Centros de Saúde do Serviço Nacional de Saúde. No ano em análise participaram 54 Médicos-Sentinela cuja prática se desenvolvia em 27 Unidades de Saúde Familiar e uma Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados. Os principais objetivos da atividade desta rede são: - Fazer investigação clínica, epidemiológica e em Serviços de Saúde; - Estimar as taxas de incidência anuais ou semanais de algumas doenças ou de situações com elas relacionadas que ocorrem na população inscrita na lista dos Médicos-Sentinela; - Fazer a vigilância epidemiológica de algumas doenças que ocorrem na comunidade, de forma a permitir a identificação precoce de eventuais “surtos”; - Constituir uma base de dados que possibilite, em qualquer momento, a análise epidemiológica aprofundada de doenças com interesse para a saúde pública. A participação de Médicos de Família na Rede Médicos-Sentinela é voluntária e concretiza-se através da: - Notificação contínua, semanal, dos novos casos de doença ocorridos nos utentes inscritos nas listas dos médicos participantes; - Apresentação de propostas, realização de estudos-satélite e participação em estudos nacionais e internacionais. A Rede deu os primeiros passos em finais da década de 80, no Distrito de Setúbal, e foi sendo progressivamente alargada a outros distritos, até abranger, em 1992, os 18 Distritos do Continente, em 1996, a Região Autónoma da Madeira e em 1997, a Região Autónoma dos Açores. Constitui um objetivo fundamental para a coordenação da Rede dos Médicos-Sentinela aumentar o envolvimento dos médicos na atividade da mesma. Para tal, incentiva-se a apresentação de propostas para a realização de estudos-satélite. Um dos marcos no desenvolvimento da rede é a reunião anual, onde se faz o balanço das atividades passadas e se projeta o futuro próximo. Nestas reuniões: - Apresentam-se os resultados preliminares da análise dos dados da notificação contínua e dos estudos satélites do ano anterior e ainda a descrição das outras atividades desenvolvidas no âmbito da rede; - Os Médicos-Sentinela, ou outros interessados, propõem os novos temas para notificação contínua e novos estudos-satélite. Essas propostas têm sido discutidas em plenário e em grupos de trabalho criados com esse objetivo específico; - Discutem-se aspetos relacionados com a utilização dos dados e com a estrutura e organização da rede. É de salientar a abertura destas reuniões à participação externa de eventuais interessados. Assim, tem sido possível contar, frequentemente, com a presença e colaboração de médicos especialistas de várias instituições e outras nacionalidades. As características metodológicas, as potencialidades e fragilidades da informação obtida através da Rede Médicos-Sentinela constam do presente relatório, de modo a orientar a consulta e interpretação dos resultados. A informação sobre a Rede Médicos-Sentinela encontra-se disponível na Internet, no endereço www.insa.pt.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/1150
ISBN: 978-972-8643-73-7
Aparece nas colecções:DEP - Relatórios científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
relatorio medicos-sentinela 2011 final_web.pdf1,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.