Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.18/1144
Título: Médicos-Sentinela: relatório das actividades de 2001
Autor: Marinho Falcão, Isabel
Marinho Falcão, José
Pimenta, Zilda
Brandão, João
Palavras-chave: Vigilancia
Clinica Geral
Notificação
Grupo Etário
Incidência
Síndroma Gripal
Consulta Relacionada com Asma
Prescrição de Antibacterianos
Herpes
Cuidados de Saúde
Data: 2003
Editora: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP. Observatório Nacional de Saúde
Relatório da Série N.º: 15. No primeiro ano do século
Resumo: A rede Médicos-Sentinela (MS) é constituída, exclusivamente, por Clínicos Gerais/Médicos de Família (CG) cuja actividade profissional é desenvolvida em Centros de Saúde. OBJECTIVOS DA REDE Os principais objectivos da actividade desta rede são: estimar as taxas de incidência de algumas doenças ou de situações com elas relacionadas que ocorrem na população inscrita em Médicos-Sentinela; fazer a vigilância epidemiológica de algumas doenças que ocorrem na comunidade, de forma a permitir a identificação precoce de eventuais “surtos”; constituir uma base de dados que possibilite, em qualquer momento, a análise epidemiológica aprofundada de doenças com interesse para a saúde pública. FORMAS DE PARTICIPAÇÃO A participação de Clínicos Gerais/Médicos de Família na rede Médicos-Sentinela é estritamente voluntária e dela se destacam duas formas de colaboração: notificação contínua, semanal, dos novos casos de doença ocorridos nos utentes inscritos nas listas dos médicos participantes; apresentação de propostas e realização de estudos-satélite e participação em estudos nacionais e internacionais. A rede deu os primeiros passos em finais da década de 80, no Distrito de Setúbal, e foi sendo progressivamente alargada a outros Distritos, até abranger, em 1992, os 18 Distritos do Continente, em 1996 a Região Autónoma da Madeira e, em 1997, a Região Autónoma dos Açores. Uma das preocupações fundamentais dos coordenadores de Médicos-Sentinela tem sido a procura sistemática do maior envolvimento dos médicos na actividade da rede. Esse esforço tem-se traduzido, quer na maior regularidade da notificação contínua e dinamismo revelado nas reuniões anuais da rede, quer na apresentação de maior número de propostas para a realização de estudos-satélite. As características técnicas, dos métodos, das potencialidades e fragilidades da rede Médicos-Sentinela constam do presente relatório, como forma de facilitar a consulta e balizar a interpretação dos resultados. REUNIÕES ANUAIS DE MÉDICOS-SENTINELA A necessidade de estabelecer o contacto directo entre os diversos intervenientes da rede Médicos-Sentinela (Médicos, Direcção Geral da Saúde, Administrações Regionais de Saúde e Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral) levou a planear, desde 1991, o seu encontro, em reuniões anuais. A estrutura destas reuniões tem sido constituída por três partes: na primeira, têm sido apresentados os resultados preliminares da análise dos dados da notificação contínua e dos estudos satélites do ano anterior e ainda a descrição das outras actividades desenvolvidas no âmbito da rede; na segunda parte, têm sido apresentados, quer por Médicos-Sentinela, quer por outros interessados, as propostas de novos temas para notificação contínua e estudos-satélite; essas propostas têm sido depois discutidas em plenário e em grupos de trabalho criados com esse objectivo específico; a terceira parte tem sido destinada à discussão de aspectos relacionados com a utilização dos dados e com a estrutura e organização da rede. É de salientar a abertura destas reuniões à participação externa de eventuais interessados. Assim, tem sido possível contar, frequentemente, com a presença e colaboração de médicos especialistas de várias instituições, bem como de colegas estrangeiros, nomeadamente os coordenadores das redes sentinela do Reino Unido e da Bélgica.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.18/1144
ISBN: 972-8643-15-2
ISSN: 0871-8229
Aparece nas colecções:DEP - Relatórios científicos e técnicos
DDI - Relatórios científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Medicos-sentinela-N15_2001.pdf762,71 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.